Quarta-feira, 31 de Janeiro de 2007

"Anque Libero Va Bene", de Kim Rossi Stuart


Qual guarda-redes, Tommy observa expectante os comportamentos desequilibrados e perdidos da família em que se vê inserido e espera, concentrado, pelas consequências dos seus actos, na expectativa de defender os pontapés que a vida lhe dá.
O pai, perfeccionista, temperamental e desesperado pela sua impotência face às dificuldades do seu quotidiano; a irmã atrevida e estouvada que, pese embora mais velha, opta por atitudes imaturas e infantis; a mãe, instável, desequilibrada e impulsiva que, incapaz de se confinar à vida familiar e ao casamento, se ausenta de casa por longos períodos, na companhia de amantes sazonais, regressando, posteriomente, com promessas de mudança e necessidade de acolhimento e aceitação por parte dos filhos e marido, despertando nestes ilusões perdidas que perturbam o ritmo a que já vinham habituados.
Expectativas, desilusões e chantagens emocionais são-nos transmitidos pelo olhar precoce do menino que sobe aos telhados e observa, sem pressas e sem revolta, a vida de cada um de nós.


publicado por A.N às 08:46
link | comentar | partilhar

Terça-feira, 30 de Janeiro de 2007
Não "plasticamente" tolerante, mas, por vezes, acidamente acertado...aqui.


publicado por A.N às 19:51
link | comentar | partilhar



Mais um email, um slogan de inteligência duvidosa, uma marcha, caminhada ou peladinha de futebol pela vida, uma cruz ao pescoço, um apelido pomposo ou uma fadista pseudo-beta a gritar pela vida embrionária e juro que emigro.

Quando um referendo ganha contornos de fanatismo, de sentimentos clubísticos ou bairristas, quando a aparência vence a razão, quando a mente e a visão entorpecidas clamam por valores que não se defendem mas parecem bem, salta-me o verniz e agarro o passaporte.

Bem aventurados os que não tentam ser pudicos e politicamente virtuosos.

Louvo-lhes a inteligência porque, mais contidos e, talvez, calculistas, durante todo este período que antecede o referendo, estão a conseguir transmitir uma posição mais tolerante no que concerne ao tópico que apaixona mais as gentes de cá do que o entediante Boavista- Sporting.

Repare-se no ponto de partida deste referendo: uma opção, utopicamente, política que, na linha de raciocínio dos defensores do NÃO, pretende educar ou restringir as opções morais dos portugueses que, na sua maioria, despreocupados e irresponsáveis, dão preferência às novelas da TVI e sabem que há sempre um “jeitoso” que resolverá uma situação mais delicada.

Tal como nas doenças, têm consciência de que o azar só bate à porta do vizinho e que, desde que se seja esperto, com ou sem lei, o “desmancho”, se tiver que ser, faz-se.

Por outro lado, a máquina governativa, num esforço hercúleo de agradar a gregos e troianos , repete o referendo, na senda do erro cometido em 1998.

Sócrates, despe-se das vestes de Primeiro Ministro e sai à rua, apoiando o movimento “Sim”, abandonando o mito de que os líderes devem ser, no mínimo, isentos e contidos.

A apimentar ainda mais o cenário de guerra, Gentil Martins pede a condenação das mulheres que praticam o aborto, como se de jogging se tratasse e o acto em si não fosse punitivo o suficiente e as ameaças católicas de excomungação daqueles que votarem “Sim”.

Prozac e Xanax vendem-se às centenas, Vanessas e Joanas enchem as manchetes, os emails são entupidos com habeas corpus leigos em prol do Sargento de Torres Novas e o país, em surdina e cheio de orgulho, prepara-se para eleger Oliveira Salazar como o melhor português de todos os tempos.

Refira-se, porém, que esta última situação, contrariamente às restantes, não choca, pois nada mais é do que um resultado inevitável do atrofio mental e cultural a que tal líder nos condenou.

Um brinde à honrosa nação!


publicado por A.N às 18:49
link | comentar | partilhar

Segunda-feira, 29 de Janeiro de 2007

E o resto é conversa.


publicado por A.N às 00:48
link | comentar | partilhar

Quarta-feira, 24 de Janeiro de 2007
A minha mãe registou-se no blogger.


publicado por A.N às 13:16
link | comentar | partilhar

Terça-feira, 23 de Janeiro de 2007
Pelo Vale do Rio Tejo






Pela Rota dos Templários.


publicado por A.N às 08:53
link | comentar | partilhar

Segunda-feira, 22 de Janeiro de 2007

Castelo de Almourol , Constância


publicado por A.N às 11:07
link | comentar | ver comentários (2) | partilhar

Domingo, 21 de Janeiro de 2007


publicado por A.N às 10:31
link | comentar | ver comentários (4) | partilhar

"Scoop" (2006), Woody Allen


publicado por A.N às 10:26
link | comentar | partilhar

Quarta-feira, 17 de Janeiro de 2007





Heaven – Ella Fitzgerald & Louis Armstrong

Turn your lights down low – Lauryn Hill & Bob Marley

Tengo un trato – La Mala Rodriguez

Dá-me Lume – Jorge Palma

Multiply - Jamie Lidell

Son of a preacher man – Dusty Springfield

Marvin Gaye – Heard it through the grapevine

Colorblind – Counting Crows

Devil May Care – Diana Krall

Sexual Revolution – Macy Gray

I had a little talk – Andie Bey

Fools rush in – Marie Antoinette OST

Short Skirt, Long Jacket – Cake

Please don´t let me be misunderstood – Santa Esmeralda (Kill Bill OST)

Waiting on the world to change – John Mayer

1972 – Josh Rouse

Love Street – Doors

Dice- Finley Quay

Teardrop – Massive Attack

Via Con Me - Paolo Conte

Stormy Weather – Django Reinhart


publicado por A.N às 09:24
link | comentar | ver comentários (3) | partilhar

Carimbos no passaporte
2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


You've got mail
omundodachapa@gmail.com
Check-in

Subscrever feeds