Segunda-feira, 14 de Março de 2005

O terraço , o sol, o rio como observador atento e companheiro de jornada, murais de azulejos que muito contam, escadarias, túneis e paredes que muito guardam...
O prazer de viver em Lisboa, o privilégio de ter sempre coisas novas para descobrir, o luxo de viver numa cidade com história, com alma.
Com edíficios que não só preservam a nossa História, como eles próprios a escrevem e nos recordam de glórias passadas.
Olhando o Campo de Santa Clara e o já aqui falado Panteão, questionei-me acerca daqueles que contribuiram com o seu trabalho para a edificação destes ex-libris.
Teriam tido consciência plena do seu contributo? Posted by HelloOu foi exactamente por isso que orgulhosamente os arquitectaram e construiram? Algum dia seremos nós capazes de deixar monumentos e marcas deste calibre, que nos permitam viver eternamente através da admiração e reconhecimento das gerações vindouras?
Estas dúvidas um dia inquietaram-me, pertubando-me o espírito com a obsessão da imortalidade.
Finalmente atingi o estado de maturidade suficiente para me reduzir a minha pequena existência!
Hoje basta-me uma tarde bem passada em Lisboa, em boa companhia, de preferência com uma vista esplendorosa e um crepúsculo com sabor a Pastéis de Belém.


publicado por A.N às 00:22
link | comentar | partilhar

Carimbos no passaporte
2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


You've got mail
omundodachapa@gmail.com
Check-in

Subscrever feeds