Segunda-feira, 15 de Setembro de 2008

Quando era pequena e o desânimo me fazia duvidar das minhas capacidades, o meu pai incentivava-me a superar-me repetindo, vezes sem conta, que todos somos iguais e que se os outros conseguem não há porque duvidar que eu também consiga.

Não totalmente convencida, fui aplicando esta premissa em muitos momentos decisivos da minha vida.

Mas depois veio a Madonna... E com ela, mais uma vez, a prova irrefutável de que nem todos somos iguais, principalmente a partir dos cinquenta.

 

 

O espectáculo sobrepôs-se, uma vez mais, ao concerto e no final um sabor a pouco ficou na memória.

Não foi o mesmo de há quatro anos atrás, mas ver Madonna, mesmo quando é mau, não deixa de ser bom.

 

 



publicado por A.N às 07:31
link | comentar | partilhar

Carimbos no passaporte
2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


You've got mail
omundodachapa@gmail.com
Check-in

Subscrever feeds