Quarta-feira, 13 de Maio de 2009

 

Há algo de mórbido nas comemorações do 13 de Maio.
Se, por um lado, é inegável a comoção provocada pela fé e dedicação à Virgem Maria, por outro o sofrimento auto-inflingido e a afluência maciça aos prontos-socorro não deixam de repugnar e de permitir vislumbrar resquícios de uma época das trevas, de rituais bárbaros e desumanizados justificados com pretensões transcendentais.
Compreendo que se acredite; que não se racionalize e aceite. Compreendo que a oração tem virtudes, da mesma forma que qualquer outro tipo de meditação as tem.
Não acredito, porém, no sofrimento por escolha, nem numa fé que proclame tal princípio.
E mais do que isso, não acredito num chefe que grita sem motivo e depois corre para a procissão das velas sem olhar para trás.


publicado por A.N às 19:04
link | comentar | partilhar

1 comentário:
De M a 13 de Maio de 2009 às 21:00
"E mais do que isso, não acredito num chefe que grita sem motivo e depois corre para a procissão das velas sem olhar para trás."

Melhor ainda são os que rezam e promovem os valores da família "tradicional contra os avanços do mal (aborto, eutanásia e gays), e depois vetam prémios passados por gravidezes futuras, despedem famílias inteiras por lucros mais altos, trocam familiares complicados por umas férias com pulseira e insultam quem não partilha da mesma visão do mundo.


Comentar post

Carimbos no passaporte
2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


You've got mail
omundodachapa@gmail.com
Check-in

Subscrever feeds