Domingo, 12 de Dezembro de 2010

 

"(...) Acredito firmemente que o progresso político da China não vai parar nunca e estou cheio de expectativas optimistas de que a liberdade chegará à China no futuro, porque nenhuma força pode bloquear o desejo humano de liberdade. A China irá acabar por se tornar um Estado de direito respeitador dos direitos humanos. (...) Perguntem-me qual foi a minha mais afortunada experiência nas últimas décadas e eu direi que foi ganhar o amor altruísta da minha mulher, Lui Xia (...). O teu amor é a luz do sol que atravessa as paredes e as barras da prisão, acariciando cada pedaço da minha pele, aquecendo cada célula minha, permitindo-me manter a minha calma interior , magnânima e luminosa, para que cada minuto na prisão seja cheio de significado (...) Mesmo que seja reduzido a pó, irei abraçar-te com as minhas cinzas.(...)

 

Não me sinto culpado por seguir o meu direito constitucional à liberdade de expressão, por cumprir a minha responsabilidade social enquanto cidadão chinês. Mesmo se acusado disso, não me queixaria."



publicado por A.N às 23:09
link | comentar | partilhar

2 comentários:
De Dylan a 19 de Dezembro de 2010 às 21:55
A China é de facto um grande país, com uma economia de peso, mas o seu regime político transforma a nação num pequeno tigre de papel que não convive bem com a democracia. Com a atribuição do Nobel da Paz a Liu Xiaobo isso ainda foi mais evidente: a censura rançosa do moderno social-comunismo nos meios audiovisuais, na internet e a tentativa de intimidar os países que marcassem a sua presença em Oslo. O cúmulo do despeito aconteceu com a criação apressada do Prémio Confúcio da Paz que acabou por ser um contra-senso pois a doutrina filosófica do confucionismo baseia-se na consciência política e no respeito pelos valores morais e sociais. Nem a compra de parte da dívida pública portuguesa pela China poderá jamais branquear o desterro do Dalai Lama, o massacre de Tiananmen e as constantes violações dos direitos humanos de personagens como Liu Xiaobo.


De Mila a 22 de Dezembro de 2010 às 17:46
Simplesmente aterrador e comovente!


Comentar post

Carimbos no passaporte
2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


You've got mail
omundodachapa@gmail.com
Check-in

Subscrever feeds