Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O mundo da Ch@p@

Carlos Silvino está em liberdade após três anos de prisão preventiva

A.N, 25.11.05


O Governo aponta o dedo aos magistrados e aos advogados estagiários e respectivas defesas oficiosas.
Magistrados acusam o governo de não fazer nada pela Justiça, que segundo as palavras do Presidente do Supremo Tribunal de Justiça, atravessa momentos de profunda crise e de descrédito aos olhos da população.
A população, leiga face aos procedimentos judiciais e questões processuais, assiste mais uma vez a um caso excesso de prisão preventiva, justamente no caso mais mediático de sempre.
A culpa, como já se sabe, morre solteira.

Eu, se não trabalhasse na área, hoje juntar-me-ia aos milhares de portugueses indignados, que no café acusam o sistema de “estar comprado” e começam a ganhar a certeza de que a Justiça, mais do que cega, é essencialmente lenta e, como tal, quando feita pelas próprias mãos, é mais eficaz.
Para mim, hoje, o complicado é conseguir perceber o porquê da saída de Bibi( uma vez que uma grande parte do meu trabalho é dar uso às manobras dilatórias que a nossa lei penal permite!) e , ainda assim, colocando-me na pele de cidadã, ser incapaz de deixar de sentir-me perplexa e, de certa forma, angustiada com esta situação específica.
Quem sabe se um dia destes não vemos Carlos Silvino em directo de Copacabana, jurando a sua inocência ao sabor de uma água de côco?

3 comentários

Comentar post