Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O mundo da Ch@p@

Ah bom...assim sinto-me mais descansada

A.N, 18.06.06
"A Ordem dos Advogados é uma associação de direito público para a qual foram tranferidos poderes do Estado. Logo, é uma forma de Administração Pública.(...)
A Ordem dos Advogados não é um sindicato.(...)
A primeira das atribuições da Ordem não é a defesa do advogado, é a defesa do Estado de Direito."


E este é o momento do desabafo sincero: "Porque é que não estudei Medicina?"

Trivial

A.N, 17.06.06
Arrumar as caixas, os papéis, os diários que causam embaraço, os comprovativos de pagamentos e as cadernetas do banco preenchidas na totalidade.
Organizar os dossiers , ordenar os cd´s e arquivar as fotografias.
Mudar a ordem das molduras e a disposição dos móveis.
Pendurar os quadros que há meses nos olham com misericórdia e deitar fora o correio não desejado que,de forma preguiçosa, deixámos acumular .
Limpar a casa para limpar a alma...

Agora, finalmente, já se pode começar a trabalhar.

Campolide

A.N, 15.06.06


O tempo parece ter-se esquecido de visitar Campolide e de alterar os hábitos quotidianos da sua população tão heterogénea.

Outrora um bairro envelhecido e descaracterizado - talvez por se tratar, muitas vezes, de um local de passagem - hoje as suas ruas ganham novos contornos com a miscelânea dos seus moradores peculiares, na medida em que conseguem manter um pézinho na Lisboa recém cosmopolita e toda a sua alma bairrista na Lisboa tradicional, dos “lugares da fruta” e do amolador que assobia ao passar.

As padarias em Campolide parecem sempre despidas, os frangos da Valenciana nunca deixaram de ser um ex-libri e alguns dos seus cafés só abrem quando o Benfica ganha.

Os mais idosos comentam os mais novos e conhecem de cor as feições dos novos moradores.

Conhecem-se os nomes e as moradas; as histórias; as profissões e as famílias.

Na fila do supermercado, a senhora velhota queixa-se, propositadamente, do peso das garrafas que tem que transportar e os mais jovens, conscientemente, fingem ignorar as suas lamúrias.

A menina da caixa cumprimenta a velhota com dois beijinhos e pergunta pelo seu neto, avisando-a que tenciona dançar com ele no arraial da esquina.

Nos restaurantes, anuncia-se a presença “do belo do caracol”, bem como das indigestas “iscas com elas”.

Lado a lado, as lojas chinesas convivem com as retrosarias e as drogarias que, numa tentativa obstinada de lutar contra a mudança dos tempos, ainda mantêm os preços indicados em escudos.

E os dias correm sem pressas; sem vontade de mudar; naquela atitude conformista que conserva o espirito de bairro e mantém à distância a modernidade.

Lá vai Alfama!

A.N, 14.06.06





Se o Santo António visse o seu dia ser comemorado por uma multidão em histeria, acompanhada por sardinhas assadas, bifanas no pão, sangria e cerveja gelada, provavelmente o menino acabaria estatelado no chão entre os primeiros "apertões" do Emanuel e a "cabritinha" do Quim Barreiros.

Mundial - parte I

A.N, 12.06.06

Viram a cidade amanhecer com vestígios de areia ainda impregnados na pele.

Dormiram pouco, mas sem sobressaltos ou perturbações.

A tarde passaram-na entre o malte e o nervosismo das unhas mordidas.

O Ronaldo foi que se esperava e o Figo superou-se.

Aos 4 minutos da partida, Pauleta alegrou as gentes fazendo o que melhor sabe.

No final da noite, ao fechar a janela para o sagrado descanso, ainda ecoavam os sons de festa do arraial mais próximo.

Presumiram que não se comemorava o jogo, pois este havia deixado na boca o saborzinho levemente acre da insatisfação e não justificou bandeiras esvoaçantes no Marquês.

Ainda assim, 1 vitória já cá canta, o que é bem melhor do que aquilo que se pôde dizer do arranque do Europeu.

Parece que hoje a festa repete-se lá para os lados de Alfama, sendo que as sardinhas e a sangria substituem as vedetas de Scolari e se desejam mais satisfatórias do que estas!

Valha-nos, pois, o Santo António.



Best of - II

A.N, 09.06.06



Após um extenuante exercicio de memória...


Rolling Stones – Miss you

No balanço da rede – Armandinho

Zero Seven – Passing By

John Lee Hooker – Get off of my back woman

Stevie Wonder – Masterblaster (Jammin´)

Sergio Mendes ft. John L. - Please Baby Don´t

Macy Gray - Sexual Revolution

Bran Van 3000 -Love Cliché

Jimmy Cliff - Bright sunshiny day

Michael Franti & Spearhead – Soulshine

Brazilian Girls – Pussy

Dee Lite – Groove is in the heart

Depeche Mode - Personal Jesus

Gwyneth Paltrow, Huey Lewis (Duets OST) – Cruisin´

Telepopmusic - Just breathe

Junho em Portugal

A.N, 07.06.06

A julgar pelos noticiários que me são permitidos ver, aparentemente nada acontece no Mundo para além do Mundial de Futebol.

E enquanto os portugueses se preparam para mais uma semana de bola, caracoladas, santinhos e arcos com balão, a III Guerra Mundial ou um aumento potencial do IVA podem estar a ser preparados que a nós nada nos afecta.

Recordando a lógica de um Estado Novo que morreu demasiado velho (o suficiente para ainda ouvir os meus pais recordar as suas mentecaptas ideologias): o bola é que educa e o fado é que instruí.