Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O mundo da Ch@p@

...

A.N, 24.05.07

Seria bom que os episódios da vida fossem acompanhados por uma banda sonora apropriada; por melodias oportunas, capazes de despertar emoções e substituir os diálogos.

Que o que os olhos quisessem dizer, os acordes expressassem melhor; que o que não devesse ser dito acabasse esquecido em sons agudos e que o que sobrasse por dizer perdurasse em pianíssimo.

Que as manhãs tivessem a energia do samba, os finais de tarde o batuque de Jemaa el-Fna e as noites guitarradas andaluzas.

Repetidamente contentamo-nos com o ruído dos telefones, o som estridente das campainhas, a pressa das buzinas.

Não podendo este ser o cenário, no meu mundo imaginário perfeito, os dias de cólera seriam substituídos pelos sons dissonantes e, antagonicamente, relaxantes do jazz.

Pausas, acelerações, suavidade e caos.

Dissonâncias sem palavras... sem a força invisível das palavras.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.