Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O mundo da Ch@p@

Entourage

A.N, 25.11.08

 

Uma série como “Entourage” engana com a superficialidade da sua aparência frívola , grosseira e demasiado fácil. Abordando-a de forma ligeira, seria esta a errónea conclusão a que facilmente chegariamos, não existissem personagens como Johnny Drama que alteram todo um conteúdo enganador de uma falsa leveza.

Drama concentra em si o melhor e pior de todos nós, nos seus repetidos falhanços nos momentos decisivos, seja por questões de nervos ou falta de sorte; na sinceridade e nas mentiras inocentes com que disfarça as suas imperfeições, desconcentrações, desleixes, inseguranças e medos.

Johnny Drama não é apenas um personagem, encarcerando, sim, na sua personalidade, as vivências e desaires de outros tantos que actuam noutros palcos , bem longe da sétima da arte, mas no quotidiano citadino e veloz  da época que se vive.

Johnny Chase é um detalhe estupidamente secundário que paradoxalmente eleva “Entourage” a um estatuto de qualidade e distinção e me faz acreditar que afinal, por vezes fixarmo-nos num detalhe, consegue ser a única forma de conseguirmos compreender a totalidade da imagem.