Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O mundo da Ch@p@

A Rapariga Que Roubava Livros

A.N, 15.03.09

Reconte-se a história com palavras diferentes; com risos de crianças, imagens fantasmagóricas e variados seres do fantástico; o mesmo evento sob diferentes e mais ingénuas perspectivas.

Crescer na Alemanha nazi, numa Alemanha que se impõe a tudo e todos (Deutschland überralles) e reproduzir esse crescimento e os acontecimentos imortalmente decisivos de uma nação.

 

A rapariga roubava livros.

 

E, nós, por cá, devoramo-lo.

 

 

 

 

"A rapariga que roubava livros" , Markus Zusak, Editorial Presença

1 comentário

Comentar post