Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O mundo da Ch@p@

Heresias do dia

A.N, 13.05.09

 

Há algo de mórbido nas comemorações do 13 de Maio.
Se, por um lado, é inegável a comoção provocada pela fé e dedicação à Virgem Maria, por outro o sofrimento auto-inflingido e a afluência maciça aos prontos-socorro não deixam de repugnar e de permitir vislumbrar resquícios de uma época das trevas, de rituais bárbaros e desumanizados justificados com pretensões transcendentais.
Compreendo que se acredite; que não se racionalize e aceite. Compreendo que a oração tem virtudes, da mesma forma que qualquer outro tipo de meditação as tem.
Não acredito, porém, no sofrimento por escolha, nem numa fé que proclame tal princípio.
E mais do que isso, não acredito num chefe que grita sem motivo e depois corre para a procissão das velas sem olhar para trás.

1 comentário

Comentar post