Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O mundo da Ch@p@

Sensibilidade e bom senso

A.N, 26.05.09

 

As minhas amigas, cada uma à sua maneira, mas sempre com olhares cúmplices de forçada compreensão, prometem choro, vestidos de morrer e dança até de madrugada.

Os amigos do Y. grunhem palavras de espanto, combinam a forma condigna dele se despedir da vida e ameaçam, sem pudor, chegar ébrios à festa que há meses preparamos com afinco.

 

Dada a recente experiência, começamos a acreditar que homens e mulheres não são assim tão diferentes: afinal ambos os sexos são capazes de prever e antecipar o medo. Apenas decidem lidar com ele de forma diferente.