Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O mundo da Ch@p@

...

A.N, 23.11.09

 

Qualquer relação rege-se por regras, fixadas não necessariamente por comum acordo das partes, as quais apenas no melhor dos mundos agem, em quaisquer circunstâncias, sob o princípio da boa fé.

Na forma como nos relacionamos com os outros ditamos os princípios pelos quais pretendemos adequar as nossas condutas e na execução do contrato que não sabemos ter formado, tendemos por vezes a desviar-nos do comportamento inicialmente adoptado.

Todavia chegamos, por vezes, a um ponto, onde as nossas próprias regras nos limitam para além da vontade e o contrato fica esvaziado de conteúdo.

Essa não é, porém, necessariamente o momento adequado para alterar as regras do jogo.

É, sim, a altura de pararmos de jogar.