Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O mundo da Ch@p@

...

A.N, 01.04.10

 

De regresso após umas merecidas férias de sol, tequila e mar salgado, como podemos imaginar que o regresso àquela que denominam de vida real possa possa ser doce?

Como é que se pode aceitar as jornadas diárias de trabalho e o stress auto-infligido, sem se questionar a bondade dessa opção? Sem se repensar as prioridades, as ambições e o valor da vida?