Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O mundo da Ch@p@

Protocolo

A.N, 05.08.10

 

Os noivos cumpriram o protocolo: deram as mãos, beijaram-se, ouviram as leituras, disseram que sim, trocaram aneis e algures em Copenhaga a Sereia desceu do rochedo para o barco de pesca do Napolitano.

O casamento não ficou cristalizado no acto, mas no dia que serviu de exemplo a outros tanto que já passaram e a muitos que ainda virão.

Não houve padre, nem conservador, não houve Paulo, nem Coríntios.

Apenas duas pessoas que aceitaram, sem reservas mentais ou de qualquer outra natureza, partilhar uma vida em comum, personificando o significado do matrimónio.

1 comentário

Comentar post