Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O mundo da Ch@p@

A ternura do tabu

A.N, 06.04.11

Um almoço romântico entre marido e mulher.

O jardim pintado com tons dourados de sol,  num verão antecipado que os faz esquecer a despesa pública.

O marido pede dois cafés e partilha com a sua jovem esposa o açúcar.

Ao pegar no pacote de açúcar Nicola, o marido lê, pausadamente, a respectiva frase do dia: "Um dia vamos sentir borboletas na barriga. Hoje é o dia!"

 

O marido olha ternamente para a mulher, acaricia-lhe a mão e sorri, dizendo: "Já viste, nós nunca mais vamos sentir borboletas na barriga"!

 

Ela pediu a conta.

 

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.