Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O mundo da Ch@p@

Novembro

A.N, 03.11.12

Há uma inquestionável serenidade que advém do facto de nos abstrairmos das notícias da actualidade. A sério que uma vida sem inquietações e com alguma dose de ignorância se adivinha mais longa e, nem que fosse só por essa razão, vale a pena fazer um esforço por fechar os olhos e tapar os ouvidos por instantes aos queixumes dos telejornais e aos escândalos assinalados a bold nas capas dos jornais.

 

Existem, contudo, dias em que essa tranquilidade se vê ameaçada.

 

São dias em que o sol de manhã nos permite sair de casa sem chapéus ou casacos e a meio da tarde somos surpreendidos por fortissimos aguaceiros que não conseguimos evitar porque  os alertas amarelos, amplamente noticiados, não chegaram cá a casa.

São dias em que em vez dos cinco minutos habituais, demoramos mais vinte porque não estávamos a par de mais uma greve que paralisou os transportes de Lisboa.

 

São dias menos fáceis, mas que ninguém nos acuse de levarmos uma vida monótona ou sem surpresas.

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.