Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O mundo da Ch@p@

Auschwitz

A.N, 28.01.05


Já se faz tarde e não consigo escrever grande coisa.

Talvez porque certas coisas sejam inqualificáveis ou por serem tão chocantes, qualquer coisa que se diga sobre elas vai soar rídiculo, vai cair num sinistro lugar-comum.

Como foi possível? Não sei...creio que ninguém sabe...

O pior é saber que hoje atrocidades continuam a ser cometidas, que se mata indiscriminadamente e de um modo premeditado , sem no entanto existir uma verdadeira justificação que fundamente tais actos.

Houve tempos em que julguei que o Holocausto seria irrepetível.

Caía na ingenuidade de acreditar que aprendemos com os erros.

Agora começo a acreditar que o único que nos resta é recordar e rezar.

Rezar para que tenhamos de facto todos aprendido qualquer coisa com este infame epísódio da história da Humanidade.

E rezar ainda com mais fervor, para que estas cerimónias de homenagem sejam mais do que isso e despertem realmente consciências, nesta Europa teimosa onde ideologias racistas começam a proliferar de uma forma doentia e assustadora.

O que me parece é que muita gente não aprende com os erros...apenas os guardam na memória, catalogando-os como aquilo que "deveriam ter feito", guardando-os naquele plano hipotético onde todos somos perfeitos e as asneiras não se repetem.







4 comentários

Comentar post