Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O mundo da Ch@p@

O poeta imaginário

A.N, 14.12.04
Que merda de vida
A do empregado
Sem tempo nem guita
Parece um drogado


Será que o patrão
Além de forreta
Terá de ser cagão
Palhaço, palerma?


Haverá solução
A tal compromisso?
Poderoso cabrão
Ou triste submisso?


Fugir às misérias
Só com umas férias
Até breve amigos
Vou comer taquitos!

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.